Saiba como nossas Capelas de Exaustão são produzidas

Capela de Exaustão de Gases

Saiba como nossas Capelas de Exaustão são produzidas

Nossas Capelas de Exaustão são produzidas em 3 partes:

Gabinete superior – onde são instalados luminária, damper e sistema de contrapeso da guilhotina. O acesso é através de portas que acompanham o design de toda a nossa a linha.

Gabinete inferior – armário que possui sistema de renovação de ar interligado ou independente do sistema de exaustão da capela. Padrão em portas que acompanham o desenho da linha e painel de visita para acesso aos pontos de espera das utilidades, totalmente revestido internamente em laminado melamínico brilhante. Podem incluir gavetas verticais, bandejas avulsas ou deslizantes, lixeira, prateleira, ou ainda trocado por armário corta-fogo. Também pode ser rebaixado ou removido (para modelos sobre bancada, tampo rebaixado ou walk-in)

Corpo principal – onde estão o tampo (modelo padrão e tampo rebaixado), painel de comando (registros dos bicos e torneiras de comando à distância, além da gaveta de comando da capela), guilhotina (movimento duplo ou simples) e box + chicana. Possui design aerodinâmico para evitar turbulência na face da capela.

 

Capela de Exaustão

Capela de Exaustão

Conjunto tampo, box e chicana – devem ter o material de revestimento selecionado de acordo com o uso da capela. Considerando concentração e temperatura dos produtos químicos manipulados.

Entre esses, destacamos neste boletim os ácidos. Recomendamos por custo-benefício as seguintes opções:

POLIPROPILENO – Para trabalhos com ácido fluorídrico, água oxigenada e outras substâncias que não ataquem o polipropileno.

CERÂMICA ANTI-ÁCIDA – Para trabalhos com ácidos de maneira geral, exceto fluorídrico e perclórico.

Para trabalhos com uso intensivo de ácido perclórico, recomendamos o revestimento em AÇO INOX AISI 316.

 

www.braslab.com.br

Tel.: (019) 3874-9106

Ou acesse: http://braslab.com.br/contato/